Pular para o conteúdo principal

Qual é o choque?

Por Fernanda Valente

Alguém já apontou a arma para você? Se sim, logo de primeira levou um choque. As pernas começaram a tremer e a reação é de que o coração vá pular fora. Senti isso quando tinha uns 20 anos e caminhava por uma rua escura. Difícil lembrar a fisionomia da pessoa armada, mas com a arma apontada pediu meu dinheiro. Joguei tudo. Só lembro que o cara falou: _Se você não tiver nada te apago agora mesmo!
Este momento foi o suficiente para eu evitar ruas escuras até hoje. Também evito de sair sozinha. Foi um choque que trouxe uma prevenção, apesar de eu achar que em nenhum lugar estamos livres dessas fatalidades e é disso que eu quero falar. 
Em algum momento você levará um choque: um parceiro que olhará dentro dos seus olhos e dirá: Eu não te amo mais!; uma amiga que trairá sua amizade; uma pessoa que você admirava, mas que descobre de repente que é uma provocadora de contendas; alguém que tira a máscara e assume o lado ruim do que realmente é. 
A vida é cheia desses choques, mas o importante é saber o que fará com eles. Um desses choques me evitou caminhos escuros, mas algo que não se dar para evitar são os relacionamentos. Não é porque um amor não deu certo que não me darei bem com outro. Não é por causa de uma intriga que não confiarei mais em outras pessoas. E a face ruim que alguém me mostra pode sim ser algo positivo. Afinal, são esses que conseguem nos levantar, pois após um choque é necessário encarar. Pode ser como um tiro no coração, mas depois de tudo terá uma outra visão. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfeites de Natal em potes, vasos e garrafas de vidro

Pra quem ama artesanato e enfeitar a casa para o Natal, a hora é agora. Deixo abaixo algumas dicas para fazer com taças, garrafas, potes e vasos de vidro: 


















TDAH: uma forma diferente de ver o mundo

Fernanda Santiago
O TDAH é um transtorno que inclui dificuldade de atenção, hiperatividade e impulsividade. Em geral, os sintomas começam na infância e podem persistir na vida adulta. Por ser um transtorno com característica genética, não tem cura. Porém, antes de rotular qualquer TDAH são pessoas que possuem inteligência e habilidades como as outras.  Achei este vídeo abaixo muito interessante. É muito difícil impor um padrão para o TDAH. Para os educares, seria muito bom prestar atenção na maneira que eles tentam se comunicar. O menininho do vídeo mostra grande interesse pela música. Será que os pais e os educadores estão preparados para perceber as habilidades e o interesse dessas crianças? Vale a pena conferir! Além disso, também há tratamentos através de medicamentos e da psicoterapia. 

Espetáculo narra a história da escritora Conceição Evaristo na Oficina Cultural Alfredo Volpi

O trabalho tem trilha sonora ao vivo, unindo literatura e música
Uma das principais escritoras da literatura brasileira, Conceição Evaristo é homenageada no espetáculo Canto de vida e obra: Conceição Evaristo, que acontece no dia 30 de novembro, quinta-feira às 20h na Oficina Cultural Alfredo Volpi, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo gerenciada pela Poiesis. O trabalho do Coletivo Morabeza transforma a história da escritora em uma narrativa literária e musical. Encenado desde agosto de 2016, já foi apresentado em espaços como Sesc Santos, Itaú Cultural, Sesc 24 de Maio, entre outros.
Nascida em Belo Horizonte em 1946, Conceição Evaristo conciliou os estudos com o trabalho como empregada doméstica até concluir o curso Normal – habilitado para lecionar no ensino fundamental, em 1971, aos 25 anos. Mudou-se então para o Rio de Janeiro, onde passou em um concurso público para o magistério e estudou Letras na Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ. Também é mest…