Pular para o conteúdo principal

Concerto inédito da Orquestra Experimental de Repertório estreia no SescTV

Concerto inédito da Orquestra Experimental de Repertório estreia no SescTV
Os músicos interpretam obras de Carlos Gomes, Ernani Aguiar, Rodrigo Morte e Edno Krieger
Foto: Matheus José Maria

Sob a regência do maestro Carlos Moreno, o concerto da Orquestra Experimental de Repertório, gravado no Theatro Municipal de São Paulo, no dia 12 de setembro de 2016, na comemoração dos 70 anos do Sesc, será exibido pela primeira vez no SescTV. No repertório, peças dos compositores brasileiros Carlos Gomes (1836 – 1896), Ernani Aguiar (1950), Rodrigo Morte (1976) e Edno Krieger (1928). Com direção para TV de Daniel dos Santos, o espetáculo vai ao ar no dia 19/7, quarta, às 22h (assista também em sesctv.org.br/aovivo).
A Orquestra Experimental de Repertório – OER integra os projetos de formação realizados pela Fundação Theatro Municipal de São Paulo, da Secretaria Municipal da Cultura. O objetivo da iniciativa é promover o acesso de novos músicos a um repertório sinfônico diversificado e amplo, dando a possibilidade de se tornarem profissionais de orquestra com nível técnico e artístico elevado.
A OER foi criada em 1990, pelo maestro Jamil Maluf, que permaneceu como seu regente titular até 2014. Com sua saída, o maestro Carlos Moreno assumiu a batuta e ficou no posto até o final de 2016. Durante este período, Moreno - que tem carreira no Brasil, Estados Unidos, Europa e Ásia - promoveu concertos com repertórios de compositores de épocas diferentes. Antes, ele dirigiu a Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo – USP (2002 a 2008), trabalho que lhe rendeu o XI Prêmio Carlos Gomes como Melhor Orquestra Sinfônica, e a Orquestra Sinfônica de Santo André (2009 a 2013).
No concerto em comemoração aos 70 anos do Sesc, a Orquestra Experimental de Repertório abre com o Hino Nacional, de autoria de Francisco Manuel da Silva e Osório Duque Estrada. Na sequência, toca as peças Alvorada (Ópera Lo Schiavo), de Carlos Gomes; Sinfonietta Prima (Lento´assai; Arrastado; Marcha-Rancho; e Vivace), de Ernani Aguiar; Prelúdio de uma Manhã de Outono, de Rodrigo Morte; e Terra Brasilis – Em Três Movimentos, de Edino Krieger. Como titular da OER, o maestro Carlos Moreno teve Katarine Araújo como regente assistente. 
Serviço:

Orquestra Experimental de Repertório - Sesc 70 Anos
Estreia: 19/7, quarta, às 22h.
Reapresentações: 22/7, sábado, às 19h; e 23/7, domingo, às 7h e às 24h.
Classificação indicativa:Livre
Produção: 5600K
Direção para TV: Daniel dos Santos

Para sintonizar o SescTV:
Canal 128, da Oi TV
Ou consulte sua operadora
Assista também online em sesctv.org.br/ao vivo
Siga o SescTV no twitter: http://twitter.com/sesctv
E no facebook: https: facebook.com/sesctv




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfeites de Natal em potes, vasos e garrafas de vidro

Pra quem ama artesanato e enfeitar a casa para o Natal, a hora é agora. Deixo abaixo algumas dicas para fazer com taças, garrafas, potes e vasos de vidro: 


















TDAH: uma forma diferente de ver o mundo

Fernanda Santiago
O TDAH é um transtorno que inclui dificuldade de atenção, hiperatividade e impulsividade. Em geral, os sintomas começam na infância e podem persistir na vida adulta. Por ser um transtorno com característica genética, não tem cura. Porém, antes de rotular qualquer TDAH são pessoas que possuem inteligência e habilidades como as outras.  Achei este vídeo abaixo muito interessante. É muito difícil impor um padrão para o TDAH. Para os educares, seria muito bom prestar atenção na maneira que eles tentam se comunicar. O menininho do vídeo mostra grande interesse pela música. Será que os pais e os educadores estão preparados para perceber as habilidades e o interesse dessas crianças? Vale a pena conferir! Além disso, também há tratamentos através de medicamentos e da psicoterapia. 

Espetáculo narra a história da escritora Conceição Evaristo na Oficina Cultural Alfredo Volpi

O trabalho tem trilha sonora ao vivo, unindo literatura e música
Uma das principais escritoras da literatura brasileira, Conceição Evaristo é homenageada no espetáculo Canto de vida e obra: Conceição Evaristo, que acontece no dia 30 de novembro, quinta-feira às 20h na Oficina Cultural Alfredo Volpi, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo gerenciada pela Poiesis. O trabalho do Coletivo Morabeza transforma a história da escritora em uma narrativa literária e musical. Encenado desde agosto de 2016, já foi apresentado em espaços como Sesc Santos, Itaú Cultural, Sesc 24 de Maio, entre outros.
Nascida em Belo Horizonte em 1946, Conceição Evaristo conciliou os estudos com o trabalho como empregada doméstica até concluir o curso Normal – habilitado para lecionar no ensino fundamental, em 1971, aos 25 anos. Mudou-se então para o Rio de Janeiro, onde passou em um concurso público para o magistério e estudou Letras na Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ. Também é mest…