Pular para o conteúdo principal

Café Natalino: uma deliciosa receita para a ceia

O Natal está chegando! E, para enriquecer a ceia, a Melitta preparou o Café Natalino, uma receita deliciosa para oferecer aos convidados o máximo prazer do café. Combinação de chocolate branco, cravo-da-índia, casca de laranja e café. A cobertura é de essência de baunilha e creme de leite fresco. Para finalizar a bebida em grande estilo, cerejas em calda. Confira!
Ingredientes
1 tablete de chocolate branco (150 g)
2 xícaras (chá) de leite
2 colheres (sopa) cheias de açúcar
1 pau de canela pequeno
2 cravos-da-índia
1 colher (café) de essência de baunilha
1 pedaço pequeno de casca de laranja
2 xícaras (chá) de Café Melitta em infusão
½ xícara (chá) de gelo

Cobertura
½ xícara (chá) de creme de leite fresco
2 colheres (sopa) de açúcar
1 colher (café) de essência de baunilha
4 cerejas em calda

Modo de preparo
Coloque o chocolate em pedaços, o leite, o açúcar, a canela, os cravos-da-índia, a essência de baunilha e a casca de laranja em uma panela e leve ao fogo baixo até ferver. Retire e espere esfriar. Coe e bata no liquidificador com o Café Melitta e o gelo. Coloque em copos altos e enfeite.
Para enfeitar, bata o creme de leite fresco com o açúcar e a essência de baunilha até obter um creme firme. Distribua o creme no centro do copo, enfeite com a cereja e sirva.
Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 30 minutos
Calorias:  380 a porção
Proteínas: 7,3
Carboidratos: 40,4
Gorduras: 21,3
Fibras: 0 g
Sódio: 17,5
 SIM – Serviço de Informação Melitta
 0800 140203

Sobre a Melitta
A Melitta é uma companhia que desenvolve produtos que ofereçam aos consumidores o máximo do prazer do café. A empresa oferece em seu portfólio café Melitta, filtros e acessórios, Wake e a marca de café Bom Jesus. Multinacional alemã, a Melitta foi fundada em 1908, em Dresden, por Melitta Bentz, criadora do primeiro filtro de papel para coar café. Hoje, presente em 60 países, o Grupo Melitta tem no Brasil o 2º maior mercado. Para mais informações, visite www.melitta.com.br. Siga-nos no Instagram @melittabrasil e curta a fan page www.facebook.com/MelittaBrasil.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Amor de Cristo

Coroado com espinhos Açoitado sentiu dor Suportou a tudo isso Deu-nos lição de amor
Salvou a humanidade Por ela crucificado Derramou o próprio sangue Livrou-nos do pecado
Os seguidores de Cristo Vigilantes e em oração Aguardam confiantes A sua ressurreição
Criou-se a Nova Aliança Entre Deus e a humanidade Jesus sempre será louvado

Morada do tempo

O templo é a morada do Tempo O Tempo que dá tempo ao tempo Realiza seu plano no momento Diferente do planejamento do templo.
Com o Tempo tudo podemos. Basta que com fé esperemos E na sua Força acreditemos: Assim, a Graça alcançaremos.
Quem é o Templo? 
Quem é o Tempo?
Luiz Augusto da Silva - poeta - Olímpia -SP  04/12/2010
"O templo é o corpo O tempo é o estado de espírito"
(Fernanda Valente)


Documentário inédito registra o dia a dia das crianças A’uwê, seus jogos e brincadeiras que mantêm vivas as tradições Xavante

Com direção de Cristina Flória e Wagner Pinto, a produção estreia no dia 20/4, sexta-feira, às 20h O SescTV exibe o documentário inédito A’uté A’uwê Upitab: Ser Criança A’uwê (2017), que revela as brincadeiras de meninos e meninas indígenas, passadas de geração em geração, na aldeia Pimentel Barbosa, em Matinha - MT. Com direção de Cristina Flória e Wagner Pinto, a produção, que estreia no dia 20/4, sexta-feira, às 20h, ainda destaca a escola e a preservação da cultura por esses garotos e garotas (assista também em sesctv.org.br/aovivo). Na língua a’uwê, falada pelo povo Xavante, a’uté quer dizer criança e a’uwê uptabi - forma como eles se autodenominam - significa povo verdadeiro. Hoje, eles são aproximadamente 18 mil, distribuídos por mais de 200 aldeias, em nove territórios indígenas. Uma dessas aldeias é a Pimentel Barbosa, onde vivem cerca de 300 pessoas. Dentre elas está o cacique Suptó Xavante, que comenta sobre a importância de cuidar do meio ambiente, garantindo o cultivo de al…